Em assembleia nesta quinta, servidores encerram greve

Terminou nesta quinta-feira (21) a greve dos servidores municipais, iniciada na última segunda-feira (18). Os trabalhadores realizaram uma assembleia durante a manhã, na frente da Prefeitura de Joinville, e acataram a última proposta do governo, feita durante a manifestação de quarta-feira (20), quando o prefeito Udo Döhler recebeu representantes do Sindicato dos Servidores Públicos de Joinville (Sinsej).

De acordo com a última proposta, a Prefeitura se dispôs a pagar o reajuste de 1,69% (relativo à inflação), mas retroativo ao mês de maio, que é a data-base da negociação salarial. Outras reivindicações foram atendidas, conforme lista abaixo. Também foi combinado o abono e a reposição dos dias parados.

Reivindicações atendidas

– Reajuste de 1,69% retroativo à data-base (maio).
– Reajuste do vale-alimentação, passando dos atuais R$ 296,75 para R$ 310, também retroativo a maio.
– Criação de mais um nível de progressão por acesso na carreira do magistério, contemplando a possibilidade de doutorado.
– Criação de mais um nível de progressão por antiguidade para o magistério, ampliando em um quinquênio no final da carreira.
– Extensão da Gratificação de Interiorização aos Agentes Comunitários de Saúde (que varia entre R$ 83 a R$ 147).
– Retorno do abono natalino, direito estatutário que o governo suspendeu em 2015.
– Flexibilização do registro do ponto biométrico em cinco minutos.
– Extensão aos servidores temporários dos períodos de licença aplicáveis aos servidores estatutários (paternidade – 20 dias, falecimento – oito dias, casamento – oito dias, doação voluntária de sangue – um dia a cada seis meses).

Dias paralisados

A paralisação de 30 de maio e o dia de hoje (21) foram totalmente abonados. O restante do período parado poderá ser reposto em até 90 dias. Além disso, trabalhadores que ainda não conseguiram repor as horas da greve de 2017 poderão fazê-lo no mesmo período. Para o Sinsej, essa foi uma importante conquista.

Edição: Felipe Silveira
Fotos: Kályta Morgana de Lima/Sinsej
Informações: Prefeitura | Sinsej

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *