Sinsej cancela manifestação e mantém paralisação

A chuva forte e o frio na manhã desta quinta-feira (7) fizeram a direção do Sindicato dos Servidores Públicos de Joinville (Sinsej) cancelar a manifestação e a assembleia que estavam marcadas para as 9 horas, na frente da Prefeitura. A nova assembleia está marcada para o dia 15 de junho, às 9 horas, no local de sempre.

De acordo com nota do sindicato, muitos trabalhadores teriam dificuldades de participar desta assembleia que decidiria pelo início da greve ou pela aceitação da proposta da prefeitura. “Diante desse cenário, a direção do Sinsej precisou tomar a decisão que menos prejudicasse o conjunto da categoria”, registra a nota. O cancelamento foi aprovado pelo Conselho de Representantes (foto).

Apesar do cancelamento da manifestação, a paralisação foi mantida. Segundo a Prefeitura, 1.339 servidores participaram da paralisação, sendo 342 na Saúde e 997 na Educação. O Executivo afirma que vai descontar o dia dos salários dos servidores que faltaram.

Para o Sinsej, essa é uma tentativa de fazer os servidores com “o velho terrorismo”, pois o governo garantiu que concederia o abono das paralisações de 30 de maio e de hoje.

Edição: Felipe Silveira
Foto: Sinsej
Informações: Sinsej | Prefeitura

Um comentário em “Sinsej cancela manifestação e mantém paralisação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *