Mesa-redonda discute nova política de saúde mental

Ocorre nesta sexta-feira (8), às 19 horas, na Univille (auditório do Bloco A), uma evento para debater a nova política de saúde mental aprovada pelo Ministério da Saúde. A atividade, gratuita, é organizada pelo Centro Acadêmico de Psicologia Livre (CAPSIL) e pelo Centro Acadêmico de Medicina Doutor Plácido Gomes de Oliveira (CAMPGO).

Entre as medidas em discussão estão a suspensão do fechamento de leitos em hospitais psiquiátricos e o aumento do valor pago por diária de internação neste tipo de serviço. Também está em análise o modelo de financiamento de leitos psiquiátricos em hospitais gerais e financiamentos à comunidade terapêutica.

Os conselhos federais de Psicologia e de Serviço Social são contrários ao financiamento das comunidades na rede e apontam que muitos desses locais registram situações de violações de direitos humanos que se assemelham as que eram vistas em manicômios.

Participam da mesa-redonda a psicóloga Joice Pacheco, especialista na política nacional de assistência social, aperfeiçoamentos em violência contra a criança e adolescente e da saúde de populações em situação de rua; o psiquiatra Pedro Deroza, pesquisador e colaborador do neurob da UNESC; e a terapeuta ocupacional Shirlei Vicente, que coordena um dos CAPS do município.

O evento contará como horas complementares para os acadêmicos presentes.

Texto: Felipe Silveira
Foto: Arquivo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *