Combustível acaba no Aeroporto de Joinville

Devido a paralisação dos caminhoneiros, acabou o querosene de aviação no Aeroporto Lauro Carneiro de Loyola, de Joinville e os voos estão cancelados. O último voo decolou na noite desta sexta-feira (25).

A paralisação dos caminhoneiros chegou ao quinto dia nesta sexta-feira e causou problemas de abastecimento em todo o Brasil. Em Joinville, a Central de Abastecimento (Ceasa) ficou vazia e será fechada neste sábado (26). A gasolina acabou na maior parte dos postos de combustível e prateleiras de supermercado foram esvaziadas. Hospitais também foram afetados, tendo cirurgias eletivas adiadas em todo o estado de Santa Catarina.

O governo federal fez um acordo com entidades que representam os caminhoneiros na quinta-feira (24), mas boa parte do movimento não se diz representada pelos sindicatos e permanece na rua. No começo da tarde de sexta-feira, o presidente Michel Temer veio a público e disse que vai usar as forças de segurança para desbloquear as ruas.

Aos passageiros, a Infraero recomenda que procurem suas companhias para consultar a situação de seus voos. Aos operadores de aeronaves, a empresa orienta que façam a consulta sobre a disponibilidade de combustível na origem e no destino do voo programado.

Edição: Felipe Silveira
Foto: Infraero

Um comentário em “Combustível acaba no Aeroporto de Joinville

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *