Bairro Boa Vista registra 146 focos de mosquito da dengue, afirma Vigilância Sanitária

O serviço de Vigilância Ambiental de Joinville alerta que o bairro Boa Vista está infestado de focos do mosquito Aedes aegypti, responsável pela transmissão da dengue, febre chikungunya e zika vírus. Apenas de janeiro a maio, o bairro acumula 146 focos registrados, enquanto o total do ano de 2017 foram 147 focos no mesmo bairro – um número já excessivo.

Somente nestes cinco meses do ano, Joinville soma 372 focos registrados em todo o município. No ano passado foram contabilizados 292 focos.

Vigilância vai aplicar multas

Como já foram feitas muitas ações de visitas às casas, inclusive o último mutirão de orientação foi no dia 5 de maio, a coordenadora do Serviço de Vigilância Ambiental, Nicoli dos Anjos, explica que, a partir de agora, os moradores que tiverem focos em suas residências estarão sujeitos à notificação e multa.

A multa varia de 2 a 10 UPM (Unidade Padrão Municipal), que em maio está no valor de R$ 279,06. O bairro Fátima, que teve 17 focos em 2017, também acumula 70 focos identificados, de janeiro a maio deste ano.

O Aedes aegypti vive próximo ou dentro de ambientes domésticos ou de trabalho e se reproduz em locais com água parada. Por isto, é essencial manter o pátio limpo e livre de recipientes que possam acumular água.

Como Combater o Mosquito da Dengue

• Evite usar pratos nos vasos de plantas; se usar, coloque espuma em volta do pratinho;
• guarde garrafas com o gargalo virado para baixo;
• Mantenha lixeiras tampadas;
• Deixe os tanques utilizados para armazenar água sempre vedados, sem qualquer abertura, principalmente as caixas d’água, lembrando de vedar inclusive o “ladrão” com uma tela de proteção;
• Plantas como bromélias devem ser evitadas, pois acumulam água;
• Trate a água da piscina com cloro e limpe-a uma vez por semana
• Mantenha ralos fechados e desentupidos;
• Lave com escova os potes de comida e de água dos animais, no mínimo uma vez por semana;
• Retire a água acumulada em lajes;
• Dê descarga, no mínimo uma vez por semana, em vasos sanitários pouco usados e mantenha a tampa sempre fechada;
• Evite acumular entulho, pois podem se tornar criadouros do mosquito;
• Guarde pneus velhos e outros objetos que possam acumular água em locais secos e abrigados da chuvas;

Como identificar o mosquito da dengue

• Mede entre 0,5 e 1 cm;
• Possui cor preta e riscos brancos nas patas, cabeça e corpo;
• Possui 2 pares de asas transparentes;
• Possui 3 pares de patas;
• Voa rasteiro, a no máximo 1 metro do solo;
• Está mais ativo no começo da manhã e fim da tarde;

Para denunciar criadouro do Mosquito da Dengue

É importante descrever na denúncia o endereço do local a ser verificado com: incluindo nome da rua; número do imóvel a ser fiscalizado ou número de imóvel em frente, ao lado ou bastante próximo; bairro; e ponto de referência. Outras informações que ajudem os agentes públicos a verificarem o local (se é uma piscina, se há acúmulo de pneus etc.) também ajudam a localizar o problema.

Informações: PMJ

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *