Jura Arruda e Fabrício Porto lançam livro infantil neste domingo

O escritor Jura Arruda lança, neste domingo (6), às 15 horas, sua nova obra infantojuvenil. “Dona Zica Roda Mundo”, que tem ilustrações de Fabrício Porto, aborda temas como solidão e abandono. O evento ocorre no Museu de Arte de Joinville (MAJ), com entrada gratuita. O livro estará à venda a R$ 20, mas quem chegar de bicicleta poderá comprá-lo por R$ 15.

Este é sexto livro focado no público mais jovem produzido pelo autor joinvilense, conhecido por publicações como “Fritz, um Sapo nas Terras do Príncipe” e pelas crônicas nos jornais de Joinville. Em “Dona Zica Roda Mundo”, Arruda conta a história de uma antiga bicicleta, a dona Zica. Do posto de companheira inseparável, ela passa a relíquia de família até se tornar apenas um objeto que, sem utilidade, será deixada para trás em uma mudança.

O protagonista da história, Bartolomeu, é quem salva a velha bicicleta, assumindo um desafio que, se não apresenta nenhum elemento extraordinário, é uma enorme responsabilidade para um menino pequeno.

 

“Dona Zica Roda Mundo” ganhou um lançamento especial no mês de abril na Escola Municipal Anita Garibaldi, na zona Sul de Joinville. Os alunos de 1º a 5º ano trabalharam a obra a partir das sessões de leitura das professoras antes mesmo de os livros serem impressos e, em 18 de abril, os estudantes puderam conhecer os livros. Jura e o ilustrador, Fabrício Porto, foram recebidos com exposição de trabalhos artísticos, coral e uma apresentação de teatro que tinha, como protagonista, um aluno negro, como o personagem Bartolomeu.

“Acredito que estes detalhes pequenos fazem a diferença, como preencher a lista de personagens negros com mais nomes, mais opções de histórias e, com isso, dar mais possibilidades de identificação e protagonismo”, avalia o escritor joinvilense, que fez questão de dar essa característica ao seu protagonista.

Ícone joinvilense

“Dona Zica” nasceu de uma provocação feita por uma produtora de que, com um personagem já puramente joinvilense, o sapo Fritz, Jura Arruda deveria criar uma história para outro ícone de Joinville, a bicicleta. O argumento da história nasceu em seguida, já com o nome da personagem definido em homenagem à gíria joinvilense para este meio de transporte.

Com a obra, Fabrício Porto estreia como ilustrador. Ele é conhecido por seus trabalhos como repórter fotográfico e cineasta (em curtas e longas-metragens como “Ditadura Reservada”, “A Infância de Monique” e “Mal-Amados”). A parceria com Jura Arruda em “Dona Zica” garantiu uma nova história, em uma obra infantojuvenil que já está sendo ilustrada por Porto e tem previsão de lançamento para o verão de 2019.

No evento de lançamento, além de bate-papo com o autor e ilustrador, também haverá apresentação da Cia. De Teatro da Univille em parceria com a Metamorfose Companhia Cênica. Além disso, estudantes da Escola Municipal Anita Garibaldi vão expôr seus trabalhos.

O  Museu de Arte de Joinville na rua Quinze de Novembro, 1400, América.

Edição: Felipe Silveira
Foto e informações: Editora Areia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *