Estado quer que a segurança atue junto com a assistência social

Na tarde desta segunda-feira (3), o governo do estado deu sequência ao plano de integrar as áreas de assistência social municipais e estadual aos trabalhos desenvolvidos pelas forças de segurança. Participaram de uma reunião com o prefeito Udo Döhler os secretários de Segurança e de Assistência Social, além do comandante da Polícia Militar e o delegado-geral da Polícia Civil.

Essa é a segunda reunião que ocorre com esse objetivo. A primeira foi em Florianópolis, com o prefeito Gean Loureiro. O objetivo do governo do estado é, junto com os municípios, atuar nas comunidades com maior vulnerabilidade.

Segundo dados apresentados na reunião, hoje a ação de enfrentamento é de 80% nestas comunidades e a de assistência e apoio social é de 20%. “Um dos objetivos desta nova forma de gestão é inverter esses índices. Agir de forma conjunta trará resultados mais eficazes ao nosso trabalho”, explicou Romanna Remor, secretária de Assistência Social.

Para o secretário de Segurança Pública, Alceu de Oliveira, a integração das áreas de assistência social dos municípios e do Estado aos trabalhos desenvolvidos pelas forças de segurança também é importante. “Não adianta contarmos apenas com a repressão, necessitamos atuar com a urbanização de determinadas áreas e, claro, com a assistência social”, acrescentou.

Edição: Alexandre Perger
Foto: Ana Paula Keller/ADR Joinville

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *