Governo federal libera R$ 120 milhões para Saúde de Santa Catarina

Na manhã desta quinta-feira (29), o ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, oficializou o repasse de mais R$ 120 milhões para a área da Saúde de Santa Catarina. Na semana passada, o presidente Michel Temer havia autorizado o repasse de R$ 100 milhões após reunião com o governador Eduardo Pinho Moreira.

A partir de abril, estes valores anunciados para atender os serviços de média e alta complexidade serão incorporados à Saúde, que com isso passa a dispor de R$ 10 milhões mensais, garantidos em portaria publicada nesta quinta, no Diário Oficial da União. Os valores foram pleiteados em conjunto com o Fórum Parlamentar Catarinense.

O anúncio foi realizado em coletiva de imprensa nesta quinta, no Centro Administrativo, em Florianópolis. O secretário da Saúde, Acélio Casagrande, e representantes do Fórum Parlamentar Catarinense deputados federais Carmen Zanotto, Jorginho Mello e Rogério Peninha Mendonça acompanharam a oficialização. Pinho Moreira destacou que Santa Catarina está priorizando investimentos em Saúde e Segurança Pública.

“Temos ainda os 14% da receita liquida do estado que estamos investindo na Saúde. Essas ações vão manter em dia e melhorar o atendimento de forma significativa. Saúde não pode ser atividade meio, tem que ser atividade fim e a finalidade é cuidar das pessoas e é isto que estamos fazendo”, disse o governador.

O secretário da Saúde, Acélio Casagrande, explicou que existe um planejamento estratégico relativo à regionalização da Saúde. Com isso, já foram mapeadas ações necessárias para melhorar a qualidade do serviço. Ele citou algumas ações que já estão sendo executadas com o objetivo de tirar as pessoas das filas e prestar um bom atendimento aos catarinenses, como o Projeto Ver (atende pessoas que aguardavam por uma cirurgia de cataratas, e tratamento geral nesta área de oftalmologia).

Quanto ao abastecimento de medicamentos e insumos nos hospitais próprios, que constantemente geram protestos e ações judiciais contra o estado, o secretário afirmou que houve melhorias, passando de 36% para 76% nas unidades, com meta de 90%. “Melhorando os abastecimentos se melhora a capacidade dos atendimentos. Estamos ao poucos melhorando o fluxo e adequando com o financeiro existente”.

Casagrande informou que todos os pagamentos de contratualização com os hospitais filantrópicos foram colocados em dia nestes dois meses à frente da pasta. “Estamos fazendo uma gestão rigorosa com análise de todos os contratos de serviços, isso faz também que possamos equilibrar as contas”, disse.

Além dos R$ 10 milhões incorporados mensalmente, Santa Catarina está recebendo recursos oficializados por recentes portarias ministeriais para serviços de alta complexidade no valor de R$ 25 milhões. Os recursos atenderão, por exemplo, serviços de câncer de Rio do Sul e São Bento, cardiologia de Lages e Mafra, neurocirurgia também em Mafra, leitos de AVC em Blumenau e leitos em outros municípios.

Edição: Felipe Silveira
Fotos: Julio Cavalheiro/Governo de SC
Informações: Governo de SC

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *