Stocks se torna o maior ladrão de bolas da história do NBB

Desde que chegou ao Brasil, durante a Liga Ouro da última temporada, o norte-americano Deonta Stocks vem chamando a atenção pela quantidade de bolas que consegue roubar dos adversários durante as partidas. Ainda jogando pelo Blumenau, Stocks foi o principal ladrão de bolas da Liga Ouro, com média de 3,3 por jogo, a maior da história da competição.

Nesta temporada o armador repetiu a dose, só que dessa vez no NBB. Stocks terminou a Liga com 97 bolas recuperadas em 27 jogos na competição. Média de 3,59 por jogo. Cauê Borges, segundo com maior quantidade de roubos, teve apenas 51 bola recuperadas. Ninguém nunca teve números tão expressivos no fundamento em 10 anos de NBB. A maior média até então era de 2,75, de Fernando Penna, do Paulistano, na temporada 2008/2009.

Os roubos de bola do americano contribuíram para que o Joinville fosse líder no quesito no NBB, com média de 8,57 bolas roubadas.

Texto: Vitor Forcellini
Foto: LND
Texto publicado originalmente no Replay Joinville

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *