Perini Business Park investe R$ 120 milhões em parque de tecnologia

Com investimento de R$ 120 milhões, o Perini Business Park lançou, em parceria com a Join.Valle, o Ágora Tech Park, um parque de tecnologia que tem inauguração confirmada para março de 2019. O espaço será instalado em uma quadra de 70 mil metros quadrados, em frente à nova sede da UFSC, no Perini.

A construção do primeiro prédio do Ágora Tech Park começa no segundo semestre deste ano. A ideia é que o parque possa sediar diversos tipos de empreendimentos: incubadoras, startups, aceleradoras, empresas de tecnologia, coworkings, laboratórios, centros de pesquisa, falabs, extensões de ensino e pesquisa, softhouses, hardware buildings e qualquer outra atividade relacionada à tecnologia e inovação.

A proposta urbanística para o desenvolvimento do projeto de implantação e projeto arquitetônico do primeiro edifício do parque será definida em um concurso. O primeiro colocado receberá R$ 70 mil como prêmio e R$ 330 mil em contrato para a execução dos projetos executivos. A proposta tem apoio da Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura de Santa Catarina (AsBEA SC).

As inscrições para o concurso vão de 16 de março a 13 de maio e podem ser feitas pelo site do Ágora Tech Park. Durante o período de elaboração das propostas, haverá uma etapa opcional de imersão no ambiente do projeto, para que os arquitetos participantes tenham oportunidade de conhecer o espaço e a dinâmica do Perini Business Park.

A marca do Ágora Tech Park remete ao sinal de comunicação para tecnologia, a detalhes da arquitetura grega e especialmente às Ágoras gregas, que eram as praças públicas na Grécia antiga, onde os habitantes realizavam reuniões para discutir assuntos da cidade.

De acordo com os idealizadores do projeto, o nome serve de analogia ao conceito da ágora digital, interação entre os cidadãos em tempo real por meio de ferramentas digitais, celebrando novas formas de comunicação.

A intenção é que o parque possa ser um centro indutor desta cidade do futuro, propiciando articulação de projetos e captação de recursos, fomento e apoio a negócios portadores de futuro, promoção de PD&I Integrado, prototipação e teste de inovações urbanas.

Edição: Alexandre Perger
Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *