Estudantes da Udesc iniciam ano letivo com protesto pelo meio passe

Os calouros dos cursos de Joinville da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) tiveram uma recepção diferente no primeiro dia de aula. Na segunda-feira (19), ao chegar no campus, eles se depararam com faixas de protesto pelo meio passe estudantil. A campanha “Não é gasto, é investimento: meio passe já!” é organizada pelo Diretório Acadêmico Nove de Março(Danma) e outras entidades estudantis da cidade.

Membros do diretório passaram nas salas de aula para falar sobre a campanha e pegar assinaturas ao manifesto que também está disponível na internet. No documento, criticam o governo municipal e as empresas que operam o serviço de transporte público sem licitação. Além disso, citam exemplos de cidades que oferecem o desconto de meia passagem para estudantes, como Florianópolis, Belo Horizonte e Porto Alegre.

Para Guilherme Luiz Weiler, coordenador geral do Danma, o alto preço da passagem é mais uma barreira que afasta o jovem dos estudos, especialmente do ensino superior. Ele cita como exemplo a falta de vagas no ensino público e o alto preço das faculdades privadas. “Acreditamos que, se esse modelo existe em outras cidades, ele pode ser inserido numa cidade como Joinville, que tem a tarifa sempre entre as mais caras do país”, afirma.

A campanha está sendo construída por estudantes de universidades públicas e privadas e também secundaristas. Outras ações serão realizadas na Udesc e em outros espaços estudantis. O objetivo é sensibilizar a comunidade e o poder público para a causa estudantil e mostrar que o meio passe é um investimento importante para a sociedade.

Texto: Felipe Silveira
Foto: Danma

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *