Museu de Arte de Joinville abre agenda para visitas escolares

Fazer um passeio que reúne arte, cultura e atividades ao ar livre, é uma boa forma motivar os alunos no início do ano letivo. A partir do dia 14 de fevereiro, o Museu de Arte de Joinville (MAJ) vai iniciar o agendamento das visitas para escolas públicas e particulares.

Para marcar a visita, a escola deve entrar em contato com o MAJ pelo e-mail educativomaj@gmail.com, informando a data e horário de interesse. A equipe do museu retornará a mensagem confirmando a solicitação e enviando um formulário que deverá ser preenchido e devolvido na sequência.

“É imprescindível que as escolas solicitem o agendamento e aguardem a nossa confirmação. Com isso, nossa equipe pode se preparar para atender a todos, da melhor forma”, orienta a coordenadora do MAJ, Helga Tytlik.

As visitas monitoradas duram cerca de uma hora e podem ser marcadas a partir das 8 horas (horário exclusivo para atendimentos escolares). Após conhecerem o museu, a história da casa e suas exposições, os alunos podem aproveitar os belos jardins do MAJ para o lanche ou piquenique ao ar livre.

O Museu de Arte de Joinville está instalado na antiga casa do imigrante alemão Ottokar Doerffel, político e criador do primeiro jornal da cidade, na segunda metade do século XIX. A construção, com mais de 150 anos, é uma das mais antigas de Joinville em alvenaria e chama a atenção por seus aspectos arquitetônicos.

O MAJ fica na rua XV de Novembro, 1400, bairro América, e abre de terça-feira a domingo, das 10 às 16 horas. A entrada é gratuita.

Exposição Agrocultura

Até o dia 30 de abril, o MAJ recebe a exposição “Agrocultura”. Assinada pelo designer e fotógrafo Daniel Machado, e com curadoria de Alena Riz Jahn, a mostra reúne fotos tiradas na área rural de Joinville, nas regiões do Vila Nova, Quiriri, Rio Bonito, Piraí e Estrada Rio da Prata, que retratam as singularidades culturais da cidade, utilizando a arte como registro e expressão do patrimônio. A exposição “Agrocultura” foi realizada com apoio da Prefeitura de Joinville, por meio do Sistema Municipal de Desenvolvimento pela Cultura (Simdec).

Edição: Felipe Silveira
Foto e informações: Prefeitura de Joinville

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *