Centro de [Trans]formação Cultural oferece aulas experimentais gratuitas

O Centro de [Trans]formação Cultural – Arte para Todos, do Instituto de Pesquisa da Arte pelo Movimento (IMPAR) e da Associação Joinvilense de Apoio e Inclusão de Crianças Especiais (AJAICE), realiza aulas experimentais gratuitas das oficinas de Vivência em Artes Visuais, Dança, Música e Teatro.

O objetivo é apresentar aos interessados a metodologia utilizada nas oficinas, que são destinadas a crianças, adolescentes, adultos e idosos, com atendimento especializado para pessoas surdas, cegas, com transtorno mental, deficiência física ou intelectual. As inscrições para as oficinas também estão abertas.

As aulas experimentais serão realizadas na sede do IMPAR/AJAICE, de 19 a 23 de fevereiro, em diversos horários. Para participar é só se inscrever na sede do Centro de [Trans]formação Cultural, na rua Salgado Filho, 27, Saguaçu, de segunda à sexta-feira, das 10 às 14 horas e das 17 às 19h30. A inscrição também pode ser feita pelos telefones (47) 3028-7311/99938-8188 e 99221-8345.

As oficinas de Vivência Artística fazem parte do projeto do Centro de [Trans]formação Cultural – Arte para Todos, uma iniciativa do IMPAR e da AJAICE, que tem a proposta de fomentar a inclusão e o desenvolvimento das pessoas por meio da arte. O Sarau de Inauguração do Centro será dia 25 de fevereiro, a partir das 15 horas, com entrada gratuita.

Na equipe do Centro de [Trans]formação Cultural – Arte para Todos estão os professores Robson Benta, Nathielle Wougles, Manoella Carolina Rego e André Felipe (teatro), Fábio Cabelo (música), Maria Fortuna (dança) e José Mauro Silva (artes visuais), que atuam em parceria com as terapeutas ocupacionais Nathielle Wougles e Mônica Dias.

O objetivo das oficinas Arte para Todos é possibilitar que cada indivíduo vivencie as expressões artísticas, identificando e se apropriando das que melhor contribuírem para o seu desenvolvimento pessoal. A criatividade é priorizada em todo o processo metodológico e a consequência do estímulo criativo no participante é o desenvolvimento de sua sensibilidade e de todas as suas capacidades.

As turmas terão até 12 vagas, divididas por modalidade artísticas e faixa etária. As aulas terão duas horas de duração, uma vez por semana e serão realizadas durante de março a novembro. As matrículas podem ser feitas pelo site do IMPAR e pela página do IMPAR no Facebook ou diretamente na sede do Centro de [Trans]formação Cultural.

A instituição já conta com seis turmas de oficinas confirmadas para 2018, financiadas pelo Edital Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura, da Fundação Catarinense de Cultura (FCC), e pelo Sistema Municipal de Desenvolvimento pela Cultura (SIMDEC), da Secretaria de Cultura e Turismo de Joinville; além de duas turmas de teatro viabilizadas com apoio do Programa de Extensão Comunitária da Casa da Cultura Fausto Rocha Jr. e da Secretaria Municipal de Saúde.

As vagas nestas turmas são gratuitas e destinadas a alunos atendidos pela AJAICE, Núcleo de Assistência Integral ao Paciente Especial (NAIPE) e Serviços Organizados de Inclusão Social (SOIS). O projeto de manutenção do Centro prevê também o fornecimento vagas gratuitas para famílias de baixa renda, atendidas por outras instituições da cidade ou cadastradas diretamente no Centro.

Mais informações pelo e-mail impar@impar.art.br ou pelos telefones 47 3028-7311, 9 9995-7111 e 9 9221-8345.

Edição: Felipe Silveira
Foto: Chico Maurente/Divulgação
Informações: Centro de [Trans]formação Cultural – Arte para Todos

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *