Clássico de Mary Shelley é o primeiro livro-tema do projeto Leia Mulheres em 2018

No dia 17 de fevereiro, o Leia Mulheres em Joinville retoma as atividades com o debate sobre o livro “Frankenstein”, de Mary Shelley. A obra é considerada o primeiro clássico da literatura de horror, cuja história completou 200 anos em janeiro deste ano. A mediação é feita pelas jornalistas Karoline Lopes e Marcela Güther. O encontro ocorre no teatro do Sesc, a partir das 15 horas, com entrada é gratuita.

O projeto Leia Mulheres é um clube de leitura brasileiro inspirado no #readwomen2014, projeto-manifesto criado pela escritora e ilustradora britânica Joanna Walsh. A ideia por trás da hashtag (em português, #leiamulheres) tem a ver com uma luta cada vez mais compartilhada de empoderar mulheres escritoras que sobrevivem a um mercado editorial com preponderância de vozes masculinas.

Em julho do ano passado, o jornal O Mirante fez uma entrevista com uma das organizadores do projeto em Joinville. Leia aqui. Mais informações sobre os encontros estão no grupo do Facebook: www.facebook.com/groups/leiamulheresjoinville.

Sinopse

Frankenstein é um romance de terror gótico com inspirações do movimento romântico, de autoria de Mary Shelley, escritora britânica nascida em Londres. É considerada a primeira obra de ficção científica da história. O romance relata a história de Victor Frankenstein, um estudante de ciências naturais que constrói um monstro em seu laboratório. Mary Shelley escreveu a história quando tinha apenas 19 anos, entre 1816 e 1817, e a obra foi primeiramente publicada em 1818, sem crédito para a autora na primeira edição. Atualmente, costuma-se considerar a versão revisada da terceira edição do livro, publicada em 1831, como a definitiva. O romance obteve grande sucesso e gerou todo um novo gênero de horror, tendo grande influência na literatura e cultura popular ocidental.

Edição: Felipe Silveira
Foto e informações: Leia Mulheres

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *