Exportações de Joinville voltam a registrar alta em 2017

Em 2017, as exportações de Joinville voltaram a crescer. O volume total foi de US$ 1.071 bilhão, um acréscimo foi de 10,39% em relação a 2016, quando foram exportados US$ 971.03 milhões. Os dados são do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços. Apenas o mês de fevereiro apresentou variação negativa em relação ao mesmo período do ano anterior.

No entanto, as importações cresceram ainda mais. No ano passado, o volume ficou em US$ 1,7 bilhões, um resultado 17% maior que em 2016, que registrou US$ 1,4 bilhão.

Com isso, a balança comercial da cidade fechou negativa pelo sexto ano consecutivo. O déficit foi de US$ 640,8 milhões. Esse número é o segundo pior desde 2000 e cerca de 30% maior que o de 2016, quando o saldo negativo ficou em US$ 491,8 milhões.

A última vez que Joinville registrou superávit na balança comercial foi em 2011, quando o saldo foi de US$ 24,2 milhões. Desde então, a cidade registrou déficit em todos os anos.

O principal destino das exportações de Joinville continua sendo os Estados Unidos. O volume total negociado foi de US$ 284,2 milhões, um número 24% maior que em 2016, que registrou US$ 228,9 milhões. O segundo maior parceiro é o México, seguido da Argentina.

Os bens intermediários lideraram o volume de exportações, somando US$ 574,1 milhões. O destaque fica por conta das peças e acessórios de equipamentos de transporte, que registraram US$ 477,1 milhões em vendas para o exterior.

O segundo principal destaque foi dos bens de serviços, com volume de exportações de R$ 420,06 milhões. Os bens de consumo ficaram em US$ 77,4 milhões.

Texto: Alexandre Perger
Foto: Governo de Santa Catarina

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *