Joinville x Assoeva: só um deles saíra do Centreventos como campeão

A Liga Nacional conhecerá um campeão inédito neste domingo (3) em Joinville. JEC Futsal e Assoeva duelarão pelo título no Centreventos, a partir das 11 horas. Quem vencer no tempo normal conquistará o título. Se a partida terminar empatada, o Joinville terá a vantagem do empate na prorrogação. O time catarinense chega à final pela terceira vez na sua história e os gaúchos farão sua primeira. As duas equipes lutam pelo título inédito.

Em 21 edições da Liga Nacional, o maior campeão é a Associação Carlos Barbosa de Futsal (ACBF), do Rio Grande Sul, pentacampeã (2001/2004/2006/2009/2015). O catarinense Jaraguá é tetracampeão (2005/2007/2008/2010). Por estado, os gaúchos também lideram o rol dos campeões com nove títulos, cinco do Carlos Barbosa, três da Ulbra e um do Internacional. São Paulo tem cinco: Santos, Soracaba e Corinthians conquistaram um título cada e a Intelli é bicampeã.

Foram realizados 165 jogos e marcados 821 gols em mais de 6.600 minutos de bola rolando para que se conheça o clube que levantará a taça de campeão em 2017.

O JEC tem aproveitamento de 61% na LNF. Em 23 jogos somou 42 pontos. Foram 11 vitórias, nove empates e apenas três derrotas. O tricolor marcou 71 gols e sofreu 52. Os principais artilheiros do time na Liga são: Eka (12), Jackson (11), Gabriel e Xuxa (10) e Fernandinho (8). Fernandinho, 34 anos, é o jogador do JEC com melhor média: oito gols em 10 jogos, média 0,8 gol/jogo. No Centreventos o time conquistou 79% dos pontos disputados. Foram oito vitórias, dois empates e apenas uma derrota.

A Assoeva conquistou 52% dos pontos disputados na LNF. Foram nove vitórias, nove empates e cinco derrotas em 23 jogos. O time de Malafaia marcou 61 gols e sofreu 54. Boni, Daniel e Sacon, com oito gols cada, são os artilheiros da equipe gaúcha. Como visitante, o time venceu três jogos, empatou seis e sofreu duas derrotas, aproveitamento de 45%.

Nos confrontos entre as equipes nesta temporada, a vantagem é tricolor. O JEC venceu em Joinville por 4 a 2, gols de Dian Luka (2), Xuxa e Fellipe Mello para o tricolor. Boni e Dilvo marcaram para os gaúchos. No primeiro jogo da final, em Venâncio Aires, o resultado foi o empate em 1 a 1. Gols de Eka para o Joinville e Boni para a Assoeva.

O JEC treinou às 10h30 deste sábado e concentrou após o treino. Junai, o mais experiente dos jogadores deixou uma mensagem para seus companheiros: “A mensagem é pra que a gente entre com muita intensidade, competir o tempo todo, dar nossa vida, estamos dentro de casa, somos fotos o nosso coletivo é nossa força. Se entregar o máximo dentro da quadra, com cabeça boa, que as coisas vão dar certo, estamos juntos do início ao fim, como foi ano todo”.

A Assoeva já está em Joinville e treinou no palco do jogo neste sábado às 17 horas. Valdin, 38 anos, é o grande destaque do time. A cidade de Venâncio Aires respira Futsal e a torcida que atende pela alcunha de “Febre Amarela” promete “invadir” Joinville para a decisão.

Os ingressos para a decisão acabaram com menos de três horas de venda. Não haverá ingressos nas bilheterias na hora da partida. Os portões do Centreventos vão abrir às 9 horas. O Canal SPORTV transmitirá a final e também as Rádios Clube AM 1590 e Cultura AM 1250. Michel Jean Bonnaud e Roberto Paganini Marietto serão os árbitros responsáveis pelo jogo mais importante da Liga Nacional 2017.

Texto: Marcos Aurélio Carvalho
Foto: JEC Futsal

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *