Dia da Consciência Negra teve blitz contra o racismo no centro de Joinville

No Dia da Consciência Negra, celebrado nesta segunda-feira (20), ocorreu a blitz “Joinville contra o Racismo”, na região central de Joinville. No final da manhã, os motoristas e alguns pedestres que passavam próximo aos semáforos que ficam no cruzamento das ruas Doutor João Colin e Princesa Isabel receberam adesivos da campanha. Integrantes do Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial (Compir) de Joinville distribuíram o material e estendiam uma faixa da campanha no momento em que o sinal fechava.

“Tivemos um resultado positivo nessa ação. As reações das pessoas foram as mais variadas. Mas de um modo geral tivemos uma boa aceitação durante as abordagens”, destacou Paulo Junior, coordenador de Promoção da Igualdade Racial (Prefeitura de Joinville).

A campanha “Joinville contra o Racismo” é uma ação da Prefeitura de Joinville e do Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial (Compir) que visa ressaltar o racismo enquanto crime e também orientar as pessoas que se sentirem discriminadas a denunciarem. Em todos os seus materiais, como cartazes, vídeo e adesivos, a campanha destaca também os canais de denúncia de racismo: o Disque 100 e a delegacia mais próxima.

Joinville é uma das cidades brasileiras que não adotou o feriado no Dia da Consciência Negra. Apesar de o projeto ter sido aprovado pelo Legislativo e pelo Executivo, uma ação judicial movida por associações empresariais da cidade impediu que a data fosse celebrada com um feriado.

Edição: Felipe Silveira
Foto: Phelippe José/Secom Joinville
Informações: Secom Joinville

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *