Stocks estreia bem, mas não evita derrota do Joinville em amistosos

Após a eliminação no estadual, a equipe do Joinville voltou às quadras para dois amistosos contra o Campo Mourão, que será adversário dos catarinenses no NBB. Jogando no Centreventos, os visitantes venceram as duas partidas, mas o Joinville pode celebrar a estreia do armador americano Deonta Stocks, que teve grande atuação nos dois embates.

O primeiro jogo aconteceu na quinta-feira (28) e o Joinville esteve à frente durante quase toda a partida. Porém, faltando cinco minutos para o fim do jogo o Campo Mourão encostou e com uma cesta no último segundo de jogo, conseguiu empatar a partida em 67 a 67 e levou o jogo para prorrogação. No tempo extra, vitória dos paranaenses por 81 a 73.

Já na segunda partida, realizada nesta sexta-feira (27), foi o Campo Mourão quem comandou o placar durante o jogo. Experiente, a equipe não deixou o Joinville diminuir a vantagem e venceu por 71 a 63.

Apesar da derrota, a avaliação da comissão técnica foi positiva. Para o treinador George Salles, os testes contra futuros adversários no NBB são importantes na preparação da equipe. “Os amistosos foram muito proveitosos para gente testar e qual nível nós estamos em relação as equipes do NBB. Grande parte do jogo de ontem e 20 minutos do jogo de hoje conseguimos jogar de forma equilibrada, mas a partir do momento em que a gente se desconcentrar no jogo, as equipes do NBB são experientes e vão aproveitar. Mas ainda vamos tentar marcar mais dois amistosos, contra equipes paulistas que sabemos que vão ficar na parte de cima da tabela”, analisou o comandante da equipe joinvilense.

Para o ala/armador Vezarinho, o trabalho defensivo precisa ser o grande diferencial da equipe no NBB: “O nosso time vem de algumas derrotas e realmente não temos feito um bom trabalho dentro de quadra. Nós estamos treinando forte, mas cometendo alguns erros que não podem acontecer no NBB, que é um campeonato de nível nacional. E no NBB a maioria das equipes são mais experientes, com jogadores mais velhos, rodados, então vamos ter que trabalhar uma defesa forte e o entrosamento do grupo tem que estar muito bom”.

O destaque da equipe tricolor foi o armador Stocks. Em suas duas primeiras partidas pelo time do norte do estado, Stocks já demonstrou que vai ser peça fundamental no NBB. Uma pancada no fim do segundo jogo o tirou de quadra e chegou a preocupar a comissão técnica, mas uma avaliação mais precisa será feita após exames.

O Joinville agora vira o foco para o JASC, que começa na próxima semana. O objetivo é o título, mas voltar de Lages sem nenhum atleta lesionado é fundamental para a equipe que tem um elenco enxuto. Além do Jasc, o Joinville pretende marcar amistosos contra equipes de São Paulo antes do início do NBB.

Uniforme novo e reforço americano

Em evento realizado na manhã de sexta-feira, o Joinville apresentou seus novos uniformes para a disputa do NBB. Serão três opções de camisas, nas cores branca, preta e vermelha. Além dos uniformes, a apresentação também revelou que o norte-americano Que Johnson, ala de 24 anos, é o mais novo reforço da equipe. Com ele o elenco está praticamente fechado, embora o técnico George Sales ainda espere a chegada de um pivô. Johnson ainda não foi apresentado oficialmente e só deve estrear no NBB.

Texto: Vitor Forcellini
Fotos: Basquete Joinville

Este conteúdo foi interessante para você?
Clique no botão e colabore financeiramente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *