Comissão da Alesc aprova PL para punir receptador de carga roubada

Os deputados estaduais da Comissão de Finanças e Tributação da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) aprovaram, na quarta-feira (13), o Projeto de Lei (PL) 53.3/2017, que trata da cassação da inscrição estadual de receptadores de carga roubada. O documento é de autoria do deputado Patrício Destro (PSB) e segue agora para a última comissão prevista para tramitar, a de Segurança Pública. Na sequência, se aprovado, vai à votação no plenário.

O encaminhamento aconteceu por unanimidade de votos, seguindo o parecer favorável apresentado pelo deputado Gabriel Ribeiro (PSD), que assumiu a relatoria. A notícia foi comemorada pelo setor de transportes.

Para o presidente da Federação das Empresas de Transporte de Carga e Logística no Estado de Santa Catarina (Fetrancesc), Ari Rabaiolli, este é mais um passo para a revitalização do Transporte Rodoviário de Cargas. “A nossa batalha ainda é grande, e talvez nunca cessará, no combate a este crime que afeta tanto a todo mundo. Mas cada passo dado adiante significa muito para o nosso setor”, disse.

As observações dos demais parlamentes sobre o projeto, na Comissão de Finanças e Tributação, foram bastante positivas. “Há um esforço conjunto da Casa para que a tramitação seja feita com celeridade. Sabemos do quanto o setor dos transportes vem sofrendo perdas irreparáveis com o roubo de cargas, por isso, estamos unindo forças para que seja analisado em breve na Comissão de Segurança Pública e, consequente, siga pra aprovação em plenário.”, avaliou o deputado Patrício Destro.

O parlamentar afirmou, ainda, que pretende aprofundar o debate sobre a questão na Comissão de Segurança Pública e que estuda a apresentação de uma emenda.

Edição: Felipe Silveira
Foto: Agência AL
Informações: Assessoria de Patrício Destro

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *