SC foi o quarto estado que mais registrou mortes nas rodovias federais em 2016

Em 2016, Santa Catarina foi o quarto estado que mais registrou acidentes e mortes nas rodovias federais. Foram 450 vítimas fatais em 10.604 ocorrências. As três primeiras posições ficaram com Minas Gerais, com 830 letalidades e 14.371 acidentes; Paraná com 652 mortes e 11.032 acidentes; Bahia, com 610 mortes e 5.496 acidentes. Os dados estão na terceira edição do Atlas da Acidentalidade no Transporte, realizado pela Confederação Nacional dos Transportes.

No total, foram 22.980 pessoas envolvidas nesses acidentes, com 2.085 feridos graves e 7.336 feridos leves. O estado ficou com uma média de 42,4 mortes por 1 mil acidentes, a segunda menor. Já a média de mortes por 1 mil quilômetros foi de 4.326, a segunda maior do país.

Em relação à causa, a velocidade incompatível foi o fator que mais matou pessoas, com 98 vítimas fatais. O segundo maior motivo é falta de atenção, com 71, seguida de velocidade ingestão de álcool, com 41.

Apesar de um dos quatro estados com maior número de acidentes, Santa Catarina registrou redução de cerca de 30% no total de ocorrências na comparação com 2015, passando de 14.016 para 10.604. Já as mortes tiveram pequena queda, indo de 461 para 450.

Nas rodovias estaduais, de acordo com dados do Comando de Policiamento Militar Rodoviário de Santa Catarina, foram registrados 8.355 acidentes, com 27.231 pessoas envolvidas, 202 mortes, 1.279 feridos graves e 3589 feridos leves.

Texto: Alexandre Perger
Foto: Divulgação/Dnit

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *