JEC joga para vencer e terminar como líder da fase classificatória

O JEC enfrenta nesta noite o rei do empate, Marreco Futsal, na última rodada da fase classificatória da Liga Futsal. Todos os jogos da decisiva rodada estão marcados para esta sexta-feira (8), às 21 horas. Com os retornos de Jackson e Fellipe Mello, o Tricolor terá força máxima no Arrudão. Para garantir a primeira colocação e ter vantagem nos playoffs, o time vai para vencer o Marreco, que já empatou nove vezes nesta edição da Liga.

O Joinville volta a jogar na quadra onde conquistou o bicampeonato da Taça Brasil. Nos seis jogos realizados entre 12 e 18 de março, a equipe teve 100% de aproveitamento, derrotando inclusive o Marreco Futsal por 1 a 0, gol do central Fernando. A campanha rendeu o primeiro título nacional desta temporada. Agora o JEC busca o segundo e sonhado título da Liga Nacional de Futsal (LNF).

Pela primeira vez depois das saídas de Dudu, Dian Luka e Betão e das contratações de Fernandinho e Jé, todo o elenco está à disposição da comissão técnica. Os alas Fellipe Mello e Jackson, 11 gols cada na temporada, estão recuperados de lesão e voltam a integrar a equipe. O técnico Vander Iacovino falou sobre o retorno dos atletas:

“Mesmo que eu não tenha o Fellipe Mello e o Jackson 100% fisicamente, quero tê-los novamente no grupo pela importância deles.”

O histórico dos confrontos entre JEC e Marreco é favorável ao Tricolor. Em dois encontros, o Joinville teve 100% de aproveitamento. Uma vitória por 7 a 2 na fase classificatória da LNF 2016 e outra por 1 a 0 na Taça Brasil desta temporada. Se vencer, o JEC garantirá o primeiro lugar, independente do resultado do jogo entre Sorocaba e CAD Guarapuava.

Vander destaca a importância da vitória. “Queremos a vitória para ter essas vantagens. É um jogo difícil, já os enfrentamos na Taça Brasil com ginásio cheio e temos que ter concentração para vencer”, comentou o treinador. Xuxa, Junai, Fernando e Eka estão pendurados com dois cartões amarelos.

Como visitante, o JEC tem 48% de aproveitamento. Em sete jogos, foram duas vitórias, quatro empates e uma derrota. As vitórias foram em solo paranaense. Contra o CAD Guarapuava na estreia, por 1 a 0, e contra o Foz Cataratas, na quarta rodada, por 4 a 3. O tricolor está invicto na Liga Nacional há 12 jogos. A última derrota foi no dia 8 de maio, no Centreventos Cau Hansen, diante do Joaçaba, por 4 a 2.

O Marreco Futsal quer a vitória para terminar a primeira fase entre os oito melhores. Em Francisco Beltrão, o time realizou sete jogos e venceu apenas uma partida: 4 a 2 contra a Intelli na segunda rodada. Nos outros seis jogos, foram seis empates. Os considerados tropeços diante de Joaçaba, Assoeva, Jaraguá e Tubarão e os bons resultados contra Carlos Barbosa e Corinthians.

Mesmo com apenas 43% de aproveitamento no Arrudão, o time do técnico Baiano tem um ponto forte, ainda não perdeu em casa na Liga Nacional. Mas o time tem desfalques. Guina é dúvida, enquanto Barbosinha e Richard cumprem suspensão. Na 12ª colocação, com 21 pontos, o Marreco precisa vencer e torcer por combinação de resultados. O destaque da equipe paranaense já vestiu a camisa do JEC na temporada 2015. O pivô Sinoé, 33 anos, marcou dez gols em 13 jogos pela LNF e é a esperança de gols para o jogo decisivo.

Os árbitros serão os paranaenses Alfredo Wagner e Daniel Beal. O jogo será transmitido pela Rádio Clube AM 1590 e pelo canal SPORTV.

Texto: Marcos Aurélio Carvalho
Foto: JEC

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *