Com novo reforço na arquibancada, Joinville bate Videira e segue 100% no estadual

O Joinville não teve dificuldades para vencer o Videira pelo estadual de basquete masculino. A equipe treinada por George Salles liderou o placar desde o início e bateu os visitantes por 97 a 51. Com o resultado, o time chegou a quarta vitória seguida, encaminhou a classificação e manteve os 100% de aproveitamento no campeonato.

O jogo marcou a volta do ala-pivô Maxwell a equipe. O atleta foi um dos destaques da campanha do Joinville na Liga Ouro, mas estava negociando sua renovação de contrato. Com tudo resolvido, Max voltou ao time e foi um dos destaques da vitória joinvilense. Dieguinho, Jordan e Felipe Vezaro também foram importantes na partida contra o Videira.

O técnico George Salles reafirmou o desejo de reconquistar o título catarinense com o Joinville: “Nosso maior objetivo é chegar na final do estadual. Quebrar essa hegemonia de Brusque e Blumenau chegando nas finais. Não queremos usar o estadual apenas como preparação, nós queremos o título sim”. Ele ainda falou sobre a evolução da equipe e a chegada dos novos jogadores. “O problema que a gente tem no estadual é que com o término da Liga Ouro, muitos jogadores ficaram sem contrato. Então a cada semana temos um jogador voltando, semana passada foi o Zezão, hoje o Max, semana que vem podemos ter o Tiagão e o Stocks e ainda temos três atletas lesionados. Isso tudo gera uma dificuldade de entrosamento, mas ainda bem que ainda estamos na fase classificatória e temos ainda umas quatro ou cinco semanas para trabalhar isso. A partir do momento em que estivermos na fase eliminatória, os adversários serão mais difíceis e teremos que estar preparados”, explicou o treinador.

O Joinville segue liderando o Grupo C do estadual e só volta a quadra no próximo dia 12, quando recebe o Balneário Camboriú. Já o Videira é o terceiro colocado do grupo e neste domingo (3) enfrenta o Blackstar, às 10h30, na Sociedade Ginástica de Joinville.

Tiagão espera estrear em um mês

Novo reforço da equipe, Tiagão esteve presente no ginásio para acompanhar a partida. O atleta que disputou o último NBB pelo Solar Cearense volta a jogar em Joinville após 5 temporadas.

Sobre voltar a Joinville, Tiagão ressaltou o carinho que tem pelo município e expressou a vontade de permanecer na cidade por um longo tempo: “Joinville é uma cidade que me acolhe de uma forma que eu não esperava, minha esposa é daqui, a minha filha é daqui e a cidade respira basquete e está tendo mais uma vez a oportunidade de jogar o NBB. A verdade é que eu não quero sair mais daqui”.

Sem atuar há três meses, o pivô afirmou que buscou manter a forma física e acredita que em breve poderá estar em quadra. “Nesse tempo sem jogar eu não saí da academia, mas claro que dentro da quadra é diferente. Acredito que preparando certinho e treinando para entender a filosofia do treinador, em um mês eu posso estrear”, explicou o atleta de 36 anos.

Confira as entrevistas com o técnico George Salles e o pivô Tiagão

 

Texto e foto: Vitor Forcellini