Secretária diz que não há prazo para resolver falta de EPIs

De acordo com a secretária municipal de Gestão de Pessoas, Rosane Bonessi, a prefeitura ainda não tem um prazo estipulado para reestabelecer o fornecimento de equipamentos de proteção individual (EPIs) aos trabalhadores de Joinville. Em reunião na manhã desta quinta-feira (31), na prefeitura, ela informou que há um processo licitatório iniciado em janeiro, mas não existe prazo para a conclusão.

Uma parte dos servidores das subprefeituras, que trabalham em condições que exigem os equipamentos, paralisou as atividades desde a segunda-feira (28). Eles cobram a reposição dos equipamentos e acusam o governo de não ter oferecido o material adequado nos últimos anos.

Bonessi afirmou que os subprefeitos serão orientados a direcionar os servidores para trabalhos cujos equipamentos estão disponíveis. Ainda de acordo com a nota do Sindicato dos Servidores Públicos (Sinsej), a secretária ameaçou os trabalhadores, dizendo que eles podem “sofrer consequências” por causa da paralisação.

Para o Sinsej, a resposta é inadmissível e contraditória, já que cada servidor possui função específica para as quais é obrigatório dispor de equipamento de proteção. “A não apresentação de uma solução real para o problema também prejudica a comunidade, impedindo a prestação dos serviços públicos necessários”, diz a nota do sindicato.

Para os trabalhadores, o serviço oferece riscos e exigem equipamentos adequados. “Trabalhamos com lajota e paralelepípedo, que têm fio cortante, sem luva, e avisamos isso há três ou quatro anos”, disse um deles.

Os diretores do sindicato vão realizar, na manhã de sexta-feira (1), assembleias nas subprefeituras e irão propor a ampliação do movimento, englobando mais setores da Prefeitura que enfrentam dificuldades. Para o Sinsej, todas as lutas precisam ser unificadas.

Edição: Felipe Silveira
Foto: Francine Hellmann/Sinsej
Informações: Sinsej

Um comentário em “Secretária diz que não há prazo para resolver falta de EPIs

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *