PL estabelece prazo mínimo de residência em SC para participação no JASC

É muito comum que as cidades que disputam os Jogos Abertos de Santa Catarina contratem atletas de outros estados com a intenção de aumentar suas chances na competições. Como consequência desta prática, muitos participantes não têm conexão alguma com os catarinenses. Para mudar este cenários, tramita na Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) o Projeto de Lei (PL) 63/2014.

De autoria do deputado Antonio Aguiar (PMDB), o projeto de lei estabelece um prazo mínimo de residência em Santa Catarina para os atletas não catarinenses que se inscreverem para a disputa das competições esportivas oficiais organizadas pela Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), entre elas os Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc).

O PL foi aprovado, na quarta-feira (23), pela Comissão de Educação, Cultura e Desporto da Alesc. O relator da matéria, deputado Ricardo Guidi (PSD), deu parecer favorável ao projeto após a apresentação de emenda pelo autor reduzido o prazo mínimo de cinco para dois anos.

O objetivo do PL é incentivar que os atletas que participam dessas competições tenham vínculos com Santa Catarina e, ao mesmo tempo, desestimular a contratação de atletas “importados” de outros estados ou até de outros países.

Edição: Felipe Silveira
Foto: Solon Soares/Agência AL
Informações: Agência AL

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *