O que os vereadores disseram nesta segunda, 21 de agosto

Na sessão ordinária desta segunda-feira (21), o vereador Fabio Dalonso (PSD) agradeceu pela aprovação de seu projeto de lei sobre a fiação em Joinville. Além dos colegas vereadores, ele agradeceu a agilidade do Poder Executivo na regulamentação da lei. De acordo com a Lei 8388/2017, as empresas de telefonia, internet, TV a cabo e outras que utilizam os postes do município são obrigadas a identificar e retirar o excesso de fios na rede joinvilense.

Tânia Larson (SD) pediu à Secretaria de Meio Ambiente (Sema) que faça mais campanhas, inclusive em postos de saúde e escolas, além da imprensa, sobre o serviço de castração gratuito da Prefeitura. A vereadora Ana Rita Negrini Hermes (Pros) reforçou o pedido. Ela explicou que as pessoas registradas no Cadastro Único têm direito a dez castrações de animais domésticos. “Isso tem que ir para a mídia”, disse. As duas parlamentares foram eleitas com base eleitoral na causa animal.

O vereador Cláudio Aragão (PMDB) participou, no sábado (19), de uma passeata contra a violência, no bairro Profipo. O evento foi organizado pela comunidade ligada à Escola de Educação Básica Professora Alicia Bittencourt.

Adilson Girardi (SD) se reuniu, nesta segunda-feira (21), com um grupo de comerciantes do bairro Vila Nova. Na pauta, a regularização das construções comerciais ao longo da rua XV de Novembro.

O vereador Odir Nunes (PSDB) informou que vai se ausentar da Câmara de Vereadores entre os dias 21 e 24 de agosto. Segundo à nota enviada à presidência da casa, o vereador vai resolver assuntos particulares.

Em evento no sábado (19), que contou com a presença do prefeito Udo Döhler (PMDB), o Partido da República (PR) de Joinville filiou cerca de 500 pessoas. A informação foi publicada nas redes sociais do vereador Maurício Peixer, presidente da sigla, nesta segunda-feira (21). O encontro ocorreu na Associação de Moradores da Vila Paranaense. Antes de se filiar ao PMDB para concorrer à Prefeitura, Udo Döhler era filiado ao PR, mas desde a época em que se chamava Partido Liberal (PL).

Texto: Felipe Silveira
Foto: Facebook de Maurício Peixer

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *