Joinville perde para o São Bento e pode se complicar na Série C

O Joinville não foi páreo para o líder São Bento. Na noite desta sexta-feira (18), jogando em Sorocaba, o Tricolor perdeu por 2 a 0 para os donos da casa e agora torce por tropeços dos adversários diretos pelo G4 do Grupo B da Série C. Os gols do Bentão foram marcados na primeira etapa por Eder e Everaldo.

Neste sábado (19), três partidas do Grupo B vão ser disputadas. No Rio de Janeiro, o Botafogo-SP, que tem a mesma pontuação do JEC, enfrenta o vice-lanterna Macaé. Em São Saulo, o Tombense pode também chegar a 21 pontos em caso de vitória contra o Bragantino. O Tupi, em Juiz de Fora (MG), encara o Mogi Mirim, que, após ajuda financeira da Federação Paulista (FPF), confirmou que vai continuar na competição. No encerramento da rodada, o Ypiranga encara o Volta Redonda no Rio Grande do Sul.

Com a proposta ofensiva, o Joinville conseguiu equilibrar, no volume de jogo e na posse de bola, o duelo contra os donos da casa. Logo aos seis minutos, Bruno Rodrigues saiu cara a cara com o goleiro Rodrigo Viana. Após driblar o adversário, o camisa 11 perdeu ângulo e a oportunidade abrir o placar. A resposta veio no minuto seguinte. Renan Teixeira não conseguiu dominar uma cobrança de lateral, foi desarmado por Everaldo, que tocou para Eder. De fora da área, o meia acertou o canto esquerdo de Matheus, tirando qualquer chance de defesa.

O São Bento exigiu grande defesa minutos depois, em um chute de longe de Maicon Souza. Mesmo com o gol tomado, o Tricolor continuou incomodando, embora sem tanto perigo como no início do jogo. A maior parte das jogadas esbarravam no último passe ou na falta de precisão dos jogadores de frente. Aos 28 minutos, o Bentão chegou ao segundo gol em articulação da dupla protagonista do primeiro tento. Após jogada de Eder pela direita, Everaldo só teve o trabalho de escorar para o fundo das redes.

Aos 42 minutos, Eliomar, que pouco produziu durante a etapa inicial, recebeu na entrada da área e, livre, chutou para fora, à direita da meta sorocabana. Durante o intervalo, o técnico Pingo colocou Buiu no lugar de Zé Matheus na lateral direita. Em desvantagem, o Joinville voltou dominando as ações com boa atuação de Bruno Rodrigues. Aos três minutos, ele arrancou em velocidade pela esquerda, cruzou para o Grampola, que finalizou bonito para a defesa do goleiro Rodrigo Viana.

O arqueiro do São Bento que seria o vilão de Bruno Rodrigues nos próximos lances. Primeiro, aos nove minutos, após espalmar um petardo de muito longe. No minuto seguinte, após bola alçada na área, o camisa 11 chutou da pequena área, para mais uma boa intervenção de Rodrigo Viana. A primeira chegada do Bentão foi aos 15 minutos. Após saída ruim do gol de Matheus, Anderson Cavalo cabeceou para fora.

Depois de pressionar no começo da etapa final, o Joinville viu o São Bento equilibrar a partida, sem passar por tantos sustos. Aldair, na vaga de Eliomar, e Ricardo Lobo, substituindo Thiago Alagoano. Nos minutos finais, Renan Teixeira, que falhou no primeiro gol, foi expulso depois de tentar intimidar o jogador do São Bento que estava caído no gramado.

Texto: Yan Pedro Kuhnen
Foto: Beto Lima/JEC

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *