A Greve Geral durante a manhã em Joinville

Servidores municipais e comunidade lotaram a Praça da Bandeira na manhã desta sexta-feira (30) para a manifestação da Greve Geral que ocorre em todo o Brasil. À tarde haverá um ato unificado, puxado pela União Sindical de Joinville, a partir das 14 horas, no mesmo local.

A Greve Geral busca derrubar Michel Temer do poder e impedir as reformas trabalhista, do ensino médio e previdenciária, entre outras medidas, como o congelamento de investimentos públicos.

O presidente do Sinsej, Ulrich Beathalter, explicou que os servidores têm atendido a todos os chamados de mobilização contra as reformas que retiram direitos dos trabalhadores e destroem o serviço público.

“Sabemos a importância desse combate, mas sabemos também que para resolver os problemas da classe trabalhadora é preciso ir além de paralisações pontuais”, avaliou.

“Urge organizar um Encontro Nacional da Classe Trabalhadora, que convoque uma greve geral por tempo indeterminado, que dê vós e voto à base, para que ela organize o combate necessário para derrubar o governo Temer, o Congresso Nacional e para começar a construir um governo que represente os interesses dos trabalhadores e da juventude”, concluiu.

Texto: Felipe Silveira
Foto: Kályta Morgana de Lima/Sinsej

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *