JEC empata em casa contra o São Bento

O Joinville Esporte Clube buscou a vitória no duelo contra o São Bento (SP), na tarde deste domingo (18), na Arena Joinville. Com uma escalação bastante ofensiva e uma alteração para frente no intervalo, ela quase veio com o gol de Ricardo Lobo no início do segundo tempo. Porém, após abrir a vantagem no placar, o time recuou e permitiu o empate à equipe sorocabana.

O JEC jogou bem no primeiro tempo, mas poderia ter aproveitado melhor as oportunidades. Os laterais Alex Ruan e Buiu tinham liberdade para atacar, mas ninguém encostava para tabelar e isso tornou as alas improdutivas. Eliomar, com a camisa 10, não se encontrava pelo meio. A torcida ensaiava algumas vaias ao jogador.

Isso mudou no segundo tempo.

Bruno Rodrigues, voltando de lesão, começou a aquecer ao final da primeira etapa. Porém, quando boa parte da torcida esperava a troca pelo vaiado Eliomar, que estava errando passes simples, o técnico Fabinho confiou no atleta e colocou Bruno no lugar do zagueiro Roberto. A substituição desmanchou o esquema com três zagueiros e preencheu o meio de campo. O capitão Renan Teixeira recuou um pouco para fortalecer o sistema defensivo.

Vale lembrar que restava apenas uma troca ao JEC, pois Fabinho teve que gastar uma substituição logo no primeiro tempo, após o goleiro Jhonatan sentir o joelho. O arqueiro Matheus teve que entrar ainda frio para guardar a meta joinvilense.

Com Eliomar e Bruno Rodrigues aberto pelas alas, colaborando com os laterais, o Joinville tomou conta do jogo. Danrlei colocou a bola no travessão logo no início do segundo tempo, após cobrança precisa de escanteio pelo antes vaiado Eliomar.

E foi o meia o responsável pela jogada do gol, pela direita, aos oito minutos do segundo tempo. Ele avançou pelo lado e tocou para Rafael Grampola. O goleiro sorocabano desviou e a bola sobrou para Ricardo Lobo empurrar para as redes.

São Bento vai ao ataque

Aos 15 minutos o treinador do time sorocabano fez duas substituições para tentar mudar o placar da partida. Colocou Caio César no lugar de Branquinho e Cassinho no lugar de Felipe Manoel. Alguns minutos depois tirou o centro-avante Anderson Cavalo e colocou Leandro Love para movimentar o ataque do São Bento. As alterações surtiram efeito e o time paulista ameaçou. Um chute perigoso de Branquinho passou perto da meta do goleiro Matheus.

O técnico Fabinho respondeu com outro jogador de frente. O atacante Patrick, que tem agradado a comissão técnica nos treinamentos, entrou no lugar de Eliomar, que já demonstrava um pouco de cansaço.

O momento, no entanto, era do São Bento, que chegou como quis na parte final do jogo, empatando a partida com Caio Cesar aos 42 do segundo tempo. Após cobrança de lateral e cruzamento na área, o jogador subiu sozinho e testou forte para as redes, frustrando a torcida tricolor.

Os sorocabanos tiveram mais algumas chances nos acréscimos, mas o jogo terminou em 1 a 1. Uma parte da torcida protestou e pediu a saída do técnico Fabinho.

O público na Arena foi de 3.973 pessoas, com renda de R$ 77.480,00. O Joinville está na sétima colocação do Grupo B da Série C e cada vez mais longe da classificação.

ATUALIZAÇÃO: O gerente de futebol Carlos Kila informou, após o jogo, que o técnico Fabinho Santos pediu demissão, mas a diretoria não aceitou.

Texto: Felipe Silveira
Foto: JEC

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *