Basquete Joinville vence fora de casa e iguala semifinal da Liga Ouro

Após ser derrotado no Jogo 1 da semifinal da Liga Ouro, o Basquete Joinville deu o troco no Contagem Towers e empatou a série melhor de cinco jogos. Com um desempenho consistente ao longo de toda a partida, os catarinenses não foram ameaçados após assumirem a dianteira no placar e venceram por 62 a 53.

Assim como na primeira partida da série, Tatu começou sendo o destaque do Contagem. Com seis pontos no período, o armador era o destaque ofensivo, enquanto na defesa a equipe mineira conseguia neutralizar as principais armas do Joinville. Nem mesmo as infiltrações de Maxwell e Jefferson Socas rendiam pontos aos visitantes. Com o bom desempenho defensivo, o Contagem terminou o primeiro quarto vencendo por 15 a 7.

A situação mudou no quarto seguinte. Maxwell e Felipe Vezaro começaram a encontrar brechas na defesa do Towers e comandaram a reação do Joinville. André Bambu, com três assistências, e Batata com excelente aproveitamento nos arremessos de 2 pontos, também contribuíram. Pelo lado do Contagem, aparecia a figura do pivô Tom, que com seis rebotes dominava o fundamento na partida. Com um segundo quarto de muita produção ofensiva, o Joinville encerrou o primeiro tempo vencendo por 29 a 25.

Na volta dos vestiários, os catarinenses permaneceram no comando da partida. A dupla Felipe Vezaro e Maxwell continuava sendo o destaque da equipe e a defesa do Joinville manteve o Contagem zerado durante quase metade do período. Nesse cenário, os visitantes ampliaram a vantagem e foram para o período final com 12 pontos de frente, 43 a 31.

No quarto período, Rafael e Perez tentaram puxar uma virada do alvinegro mineiro, mas o Joinville mantinha uma distância segura no placar. Jefferson Socas despontava como desafogo da equipe, que apenas trocava pontos com o adversário. Sem conseguir reagir, o Contagem teve que se conformar com a derrota.

Com 16 pontos, Felipe Vezaro foi o cestinha da partida. Ao lado dele, se destacaram pelo Joinville o ala-pivô Maxwell, com 12 pontos e o ala-armador Jefferson Socas, com 11 pontos. O pivô Jerônimo foi o grande reboteiro do time, com 7 bolas recuperadas.

Com a vitória, o Joinville inverte a vantagem de mando de quadra e depende apenas de vitórias em casa para se classificar para a decisão. O jogo 3 da série ocorre na próxima quinta-feira (8), às 20 horas, no Centreventos Cau Hansen.

Texto: Vitor Forcellini
Foto: Basquete Joinville (meramente ilustrativa)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *