Agemed reclama, na CVJ, de demora no licenciamento ambiental para construção de hospital

O presidente da empresa Agemed Saúde, Pedro Assis, esteve na Câmara de Vereadores de Joinville (CVJ) na última segunda-feira (22) para reclamar da demora na liberação de licenças ambientais em Joinville. A empresa, que vende planos de saúde, quer construir um hospital na cidade, mas depende das licenças da Secretaria de Meio Ambiente.

A discussão foi levada ao parlamento pelo vereador Odir Nunes (PSDB). O vereador Maurício Peixer (PR), presidente da Comissão de Saúde, disse que vai propor às comissões que averiguem a situação. “Nós vamos assumir essa discussão aqui na Câmara de Vereadores”, garantiu o parlamentar.

Segundo os executivos da empresa, o Hospital Monte Hermon vai gerar 700 empregos diretos e 1,3 mil indiretos. Serão 60 vagas, em 6 UTIs, e outras 150 vagas na internação, além de oito salas de cirurgia, sendo uma robótica. O investimento na obra será de R$ 120 milhões.

O executivo ainda frisou que nunca pediu benefícios às autoridades locais, mesmo tendo uma boa relação com o prefeito Udo Döhler.

Texto: Felipe Silveira
Foto: Facebook do vereador Odir Nunes
Informações: CVJ

Um comentário em “Agemed reclama, na CVJ, de demora no licenciamento ambiental para construção de hospital

  • 27 de Maio de 2017 at 27 de Maio de 2017
    Permalink

    Joinville tem uma Prefeitura forrada de Secretarias inundadas de Engenheirinhos e Arquitetozinhos incompetentes e burocraticos que tudo o que sabem fazer é negar tudo morrendo de medo de uma auditoria. Como esses inuteis sao concursados eles so pensam em se eternizar no “trono” pra ali se aposentar sem prestar nenhum serviço de destaque para a cidade ou pra sociadade. Por isso Joinville cresce, mas nao desenvolve.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *