Após queda em março, emprego volta a crescer em abril

Com a criação de 59.856 postos de trabalho formais em abril, o emprego no Brasil voltou a crescer após uma queda no mês anterior. Março registrou 63.624 empregos a menos. A recuperação veio com 1.141.850 admissões e 1.081.994 desligamentos em todo o país em abril. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta terça-feira (16) pelo Ministério do Trabalho.

Santa Catarina registrou 1.839 empregos a mais em abril. O estado também teve uma queda em março, mas se recuperou com 68.039 admissões contra 66.200 demissões. Das novas vagas, Joinville foi responsável por 664 vagas. A cidade apresentou saldo positivo em todos os meses do ano. Mesmo em abril, com queda no estado e no país, o saldo foi de 633 vagas.

Leia também: SC é o único estado do Sul que não gerou empregos em março

O setor que mais cresceu em Joinville foi a indústria de transformação, com saldo de 263 vagas. Os serviços também tiveram bom resultado na cidade, com 178 vagas a mais. O setor foi o que mais cresceu no Brasil. Foram registrados 24.712 postos de trabalho ocupados a mais no mês passado.

Todos os setores pesquisados apresentaram crescimento, com exceção da construção civil, que registrou 1.760 postos a menos.

“Nos últimos dois anos, se compararmos o primeiro trimestre de 2016 com o de 2017, veremos um sinal muito forte de que o emprego está sendo retomado em sua condição de normalidade no Brasil”, afirmou o ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira.

Texto: Felipe Silveira e Alexandre Perger
Foto: Marcos Santos/USP Imagens
Informações: Agência Brasil | Ministério do Trabalho e Emprego

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *