Fora de casa, JEC estreia com empate diante do Ypiranga

Texto: Yan Pedro
Foto: JEC

Faltou pouco para o Joinville começar a caminhada da Série C com três pontos. Jogando diante do Ypiranga, no Colosso da Lagoa, em Erechim, no Rio Grande do Sul, o Tricolor esteve duas vezes à frente no placar, mas viu os donos da casa chegarem ao empate: 2 a 2. Os gols do Joinville foram anotados por Lúcio Flávio, aos 24 minutos, e por Marcos Buiú, aos 33. Pelo time gaúcho, Anderson Safira foi quem a balançou as redes.

O treinador Fabinho Santos foi a campo com o time que utilizou nos últimos treinamentos em Joinville. Improvisado como centroavante, Eliomar teve atuação discreta durante os 90 minutos. O experiente Lúcio Flávio, finalmente, desencantou com a camisa do JEC. Assim como Eliomar, o camisa 10 foi uma das novidades no time titular. E foi dele o primeiro gol. Com 24 minutos jogados, Tinga cruzou à meia altura e, de primeira, Lúcio mandou para o fundo das redes.

A dianteira no placar durou pouco. Da entrada da área, Anderson Safira deixou tudo igual aos 29 minutos. O JEC não se abalou com o empate e, depois de quatro minutos, estava novamente à frente. Thiago Alagoano, fazendo sua estreia pelo Tricolor, escorou e Marcos Buiú, que substitui um dos destaques no Catarinense, Caíque, fez o segundo do Joinville.

Aos 17 minutos, após pênalti sofrido por Guilherme Parede, Anderson Safira mandou para as redes, empatando o confronto. O Ypiranga era melhor durante o segundo tempo. Para tentar dar mais força ao sistema ofensivo, Fabinho tirou o amarelado volante Tinga para a entrada de Aldair. Faltavam dez minutos para o final da partida, que teve o Joinville mais ofensivo a partir da substituição. Nos primeiros momentos em campo, Aldair recebeu em profundidade e chutou prensado com o zagueiro, desperdiçando a chance de colocar o Tricolor na frente pela terceira vez. Esta foi a última oportunidade clara do JEC no jogo, que terminaria com os donos da casa quase alcançando a virada em bobeira da defesa tricolor.

Apenas uma vitória no grupo B

Além deste, o grupo B teve mais três empates: Tombense 1×1 Tupi, Mogi Mirim 0x0 São Bento, Bragantino 2×2 Botafogo-SP. A única vitória foi do Volta Redonda diante do Macaé, por 3 a 1. E será o único clube vitorioso na rodada inicial o próximo adversário do Tricolor, no domingo (21), às 16 horas, na Arena Joinville.

Fala, Fabinho!

Após a partida, o técnico Fabinho Santos comentou a atuação de Eliomar, que atuou como “falso nove”. “No primeiro tempo, foi bem efetiva (a participação de Eliomar) dentro da nossa proposta, que era tirar os zagueiros da zona de conforto. No segundo tempo, se tivéssemos um atacante de ofício, poderíamos ter saído com um resultado melhor”, disse Fabinho. “Eu espero esse último passe do Lúcio (Flávio). Ele deixou nosso jogador na cara do gol em uma oportunidade. É isso que a gente deseja”, destacou.

Questionado sobre as falhas do goleiro Matheus, que saiu de maneira errada no primeiro gol e cometeu o pênalti no segundo tempo, o comandante do JEC ressaltou que o garoto da base está ciente e que dará respaldo para o crescimento do jogador.

Ficha técnica

Local: Colosso da Lagoa, em Erechim (RS)
Ypiranga: Carlão; Márcio, Negretti, Wagner e Héracles; Pedra, Pedro Ivo, Safira e W. Kozlowski; Éder e Guilherme. Técnico: Guilherme Macuglia.
Joinville: Matheus, Marcos Buiú, Danrlei, Max e Alex Ruan; Tinga (Aldair) e Renan Teixeira; Thiago Alagoano (Roberto), Lúcio Flávio (Bruno Rodrigues) e Breno; Eliomar. Técnico: Fabinho Santos.
Gols: Lúcio Flávio, aos 24 minutos, e Marcos Buiú, aos 33 minutos do primeiro tempo. Anderson Safira, aos 29 minutos do primeiro tempo e 17 do segundo tempo.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *