Com time-base mantido, JEC inicia Brasileiro mirando acesso à série B

Texto: Yan Pedro
Foto: JEC

A competição mais importante do ano para o Joinville começa neste domingo, às 15h30, em Erechim, no Rio Grande do Sul. Contra o Ypiranga, o Tricolor tem o primeiro desafio na série C do Campeonato Brasileiro, mantendo o time-base da disputa do Catarinense, em que ficou na 5ª colocação geral.

Fabinho deve colocar o JEC em campo na formação 4-2-3-1. As novidades no time titular, observando a reta final de preparação do técnico Fabinho Santos, devem ficar por conta do meia Eliomar, ex-Brusque, e do atacante vindo do Cruzeiro-RS, Thiago Alagoano. Fabinho aposta em Lúcio Flávio para que o JEC mantenha mais a posse de bola no território ofensivo.

“O que nós mais nos preocupamos nesse tempo (de preparação) foi tentar mais jogadas no campo do adversário ”, disse Fabinho Santos na manhã desta sexta-feira (12), em entrevista coletiva no Centro de Treinamento do Morro do Meio, em referência ao papel desempenhado por Lúcio Flávio.

O meio-campista começa como titular a série C após fraco desempenho nos primeiros meses no Joinville, como analisa o comentarista Maicon Silva, da Rádio Máxima FM.

“Durante a semana, Fabinho treinou com Lúcio Flávio e Eliomar como titulares. Lúcio Flávio é um jogador que veio para ser referência por ter liderado o ABC no ano passado ao acesso da C. Mas, no momento, não vem jogando bem e deixa o meio de campo tricolor lento e sem criatividade”, opinou Maicon.

Para o comentarista, Marlyson seria o jogador para a vaga de Eliomar no comando do ataque. O atleta da base, contudo, não chegou a um acordo com o clube para renovação de contrato e foi mandado de volta para o sub-20. Marlyson pede quase quatro vezes mais o salário proposto pelo clube e ainda “luvas” para o empresário.

Em coletiva na última terça-feira (9), o polivalente Alex Ruan analisou o campeonato que tem início neste final de semana. “A Série C é difícil, são times parecidos. O importante é a gente fazer uma boa estreia e tentar voltar com a vitória, depois é dar sequência para colocar o Joinville novamente na Série B,” frisou o jogador que se destacou como atacante durante o Catarinense, mas que deve jogar como lateral esquerdo contra o Ypiranga devido à ausência de Fernandinho. Na outra lateral, Marcos Buiú assume o posto deixado por Caíque, que vai jogar a série A pelo Vitória-BA. Tricolor negociou por empréstimo e recebeu compensação financeira.

Provável JEC: Matheus, Marcos Buiú, Danrlei, Max e Alex Ruan; Tinga e Renan Teixeira; Thiago Alagoano, Lúcio Flávio e Breno; Eliomar.

Novo regulamento altera planejamento

Com inscrição máxima de 35 jogadores, o gerente de futebol do clube, Carlos Kila, afirma que vai esperar o andamento da competição para completar o elenco tricolor. Segundo ele, são cinco vagas que estarão disponíveis.

“O mercado, às vezes, é muito volúvel, disponibilizando um atleta que hoje não se consegue trazer. Então, daqui a três meses, um atleta que fez sete jogos na série B e não tem mercado na série A, só pode descer (de divisão)”, pontuou Kila, em entrevista ao programa Debate Tricolor no início do mês.

Ainda sobre o limite no número de jogadores, o cartola disse que o clube teve de alterar o planejamento. “Nós tratamos com atletas em formação. Se tivéssemos um número maior (de vagas), poderíamos continuar utilizando, mas que tivemos que ceder ao Metropolitano”, disse o gerente de futebol, sem confirmar quais jogadores.

Tricolor foca em contratações para o ataque

Maior deficiência no Catarinense, o JEC focou em contratações de jogadores para o ataque. De clubes catarinenses, chegaram Ricardo Lobo, ex-Brusque, e Everton Júnior, ex-Tubarão. Chaveirinho, que jogou contra o JEC a Copa do Brasil pelo São Raimundo, disputará vaga no setor ofensivo pelo lado de campo. Rafael Grampola, que atuou pelo Bragantino na série A2 do Paulista e teve contratação informada por veículos de imprensa, ainda não foi anunciado pelo clube.

Confirmados logo após o término do Catarinense, o Tricolor terá já em campo Thiago Alagoano, ex-Cruzeiro-RS, que foi o autor do gol no empate contra o Paraná, no único jogo-treino do JEC na preparação para a série C. Também confirmado há semanas, Eliomar, um dos destaques do Brusque no Estadual, estreia como atacante neste domingo, mas originalmente é meio-campo.

Zagueiro Alisson foi um dos últimos a ser contratado

Na defesa, o Joinville trouxe mais dois zagueiros para compor o elenco. Alisson Cassiano, que trabalhou com Fabinho Santos na categoria de base do JEC, chega da Portuguesa Santista. Lázio é o outro defensor, que jogou o Capixaba pelo Atlético Itapemerim.

20 times na disputa

A série C é disputada em dois grupos de dez times, divididos regionalmente. O Tricolor está no grupo B, com times do sul e sudeste. No grupo A, estão times da região norte, nordeste e centroeste. Os quatro melhores de cada lado, após turno e returno, se enfrentam em confronto eliminatório (1º A x 4º B, 2º A x 3º C e vice-versa), com o time de melhor campanha tendo o direito de decidir em seus domínios.

Na regional mais ao norte no Brasil, estão ASA-AL, Botafogo-PB, Confiança-SE, CSA-AL, Cuiabá-MT, Fortaleza-CE, Moto Club-MA, Remo-PA, Salgueiro-PE e Sampaio Corrêa-MA.

O grupo do JEC é composto por um time do Rio Grande do Sul (Ypiranga), dois do Rio de Janeiro (Volta Redonda e Macaé), dois de Minas Gerais (Tupi e Tombense) e quatro de São Paulo (Botafogo, São Bento, Bragantino e Mogi Mirim).

1º TURNO – TABELA DA SÉRIE C

1ª rodada | Ypiranga-RS x JEC | Colosso da Lagoa | 14/05 (dom) – 15h30
2ª rodada | JEC x Volta Redonda-RJ | Arena Joinville | 21/05 (dom) – 16h
3ª rodada | JEC x Tupi-MG | Arena Joinville | 26/05 (sex) – 19h
4ª rodada | Botafogo-SP x JEC | Santa Cruz | 04/06 (dom) – 18h
5ª rodada | Tombense-MG x JEC | Antônio de Almeida | 10/06 (sáb) – 15h30
6ª rodada | JEC x São Bento-SP | Arena Joinville | 17/06 (sáb) – 19h
7ª rodada | Macaé-RJ x JEC | Moacyrzão | 24/06 (sáb) – 16h
8ª rodada | JEC x Bragantino-SP | Arena Joinville | 01/07 (sáb) – 16h
9ª rodada | Mogi Mirim-SP x JEC | Vail Chaves | 10/07 (seg) – 21h

Um comentário em “Com time-base mantido, JEC inicia Brasileiro mirando acesso à série B

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *