Greve Geral fecha trevo no Distrito Industrial e BR-280

Após a manifestação da Greve Geral no centro de Joinville, na parte da manhã, um grupo menor, composto por movimentos sociais e sindicais, fechou o trevo do Distrito Industrial de Joinville, entre as empresas Whirpool e Schultz. O fechamento de vias, com barricadas e pneus queimados, ocorreu nas principais cidades do país.

O ato ocorreu por volta das 12h30, quando o grupo chegou ao local. Composto por muitos militantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), mas também com a presença de muitos sindicalistas, militantes de partidos, anarquistas e membros do Movimento Passe Livre (MPL), entre outros.

Por cerca de uma hora, o movimento trancou as vias. Alguns motoristas tentavam passar pelo lado ou discutiam com os grevistas. Alguns motociclistas conseguiam passar pelo lado. As tentativas cessaram quando foi colocado fogo nos pneus.

Duas viaturas da Polícia Militar (PM) chegaram quando o fogo estava acabando. Uma comissão do movimento conversou com os policiais e chegou à conclusão que o melhor era encerrar o ato, liberando uma das vias. Outra parte do ato, no entanto, não concordou com a decisão e manteve outra via fechada. Os policiais, então, ameaçaram atirar neste grupo, que recuou.

Após discussão com os policiais, os manifestantes encerraram o ato, destacando que cumpriram a tarefa de fechar a via por um período de tempo razoável e deixando claro que o povo não é a favor das reformas trabalhista e da previdência.

Portuários, estudantes e indígenas fecham BR-280

Trabalhadores do Porto de São Francisco do Sul realizaram vários atos na manhã desta sexta-feira. O primeiro deles foi na primeira parte da manhã e fechou a BR-280 em frente ao porto, além de trancar a ferrovia. Das 10 às 11 horas os grevistas fecharam a rodovia na frente da empresa Acellor Mitral. À tarde foi a vez de parar a trânsito em um trecho próximo à comunidade da Praia do Ervino. Ainda vai ocorrer uma manifestação no centro da cidade.

Ainda durante a manhã, servidores e estudantes do Instituto Federal Catarinense (IFC) fecharam a rodovia em Araquari, em frente a unidade educacional. Mais próximo de Guaramirim, indígenas da Aldeia Piraí também fecharam a BR-280 perto do meio-dia.

Texto: Felipe Silveira
Foto: Felipe Silveira (capa) e Nilson Antônio (São Francisco do Sul)
Informações: Colaboraram Yan Pedro e Nilson Antônio

Um comentário em “Greve Geral fecha trevo no Distrito Industrial e BR-280

  • 29 de Abril de 2017 at 29 de Abril de 2017
    Permalink

    Dia histórico em Joinville! Parabéns pela cobertura!

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *